.Mariana Carvalho

pt | en

site

em construção

under development

Agosto


Residência no q-O2, Bruxelas, Bélgica

Maio


Catriel Nievas, Gustavo Branco e Mariana Carvalho

09/05, 21h

Leviatã, São Paulo

Catriel Nievas, Gustavo Branco, Julia Teles e Mariana Carvalho

12/05, 19h

Estúdiofitacrepe-sp, São Paulo

Abril


Nylon bites

Exposicao Sons de Silicio

Performance: dia 1º de abril às 18h.

Video-instalação: 1º a 26 de abril de 2019, das 10h às 20h.

Espaço das Artes da Universidade de São Paulo

Rua da Praça do Relógio, 160, Cidade Universitária, São Paulo.

Nylon bites é uma performance e video-instalação sonora criada durante residência no Centro Negra - AADK Spain, em Blanca, Murcia, Espanha, durante os meses de setembro e outubro de 2018. A exposição Sons de Silício será a edição de número 15 de série ¿Música?, organizada pelo NuSom.

August

One-month residence at q-O2, Brussels, Belgium.

April

Nylon bites

Exhibition Sons de Silicio

Performance: April 1st, 18pm.

Video installation: April 1st to 26th, 10am to 8pm.

Espaço das Artes da Universidade de São Paulo

Rua da Praça do Relógio, 160, Cidade Universitária, São Paulo.

Nylon bites is a performance and video/sound installation that was created during the two-months residence at Centro Negra - AADK Spain, in Blanca, Murcia, Spain, in September and October of 2018. The exhibition Sons de Silício is the 15th edition of the serie ¿Música?, organized by NuSom.

são paulo piano improvisação nylon mulher

arte sonora ossos brasil ressonância

fricção eutonia romã música

experimental diário voz metacarpos

piano preparado instalação corpo

sssonoros expandidos voz alteridade feminismo

livre dança breu

[+ mais]

[- menos]

são paulo piano improvisation nylon woman

sound art bones brazil resonance

friction eutony pomegranate music

experimental diary voice metacarpus

prepared piano installation expanded

sssonorous bodies voice alterity feminism

free dance rosin

[+ more]

[- less]

romã

nylon

metacarpos

maçã

breu

mate

bigorna

borracha

parafusos

anis

tomilho

crânio

suinã

arruelas

hd

cerâmica

martelo

lâmpadas

camomila

costelas

alecrim

estribo

tíbia

pomegranate

nylon

metacarpus

apple

rosin

mate

incus

rubber

screw

anise

thyme

skull

suinã

washer

hd

ceramic

hammer

lamps

camomile

ribs

rosemary

stapes

tibia

louro

pedras

erva-doce

agulas de tricô

canela

crochê

vártebras

carqueja

sacro

metatarsos

obsidiana

dente de leão

slide

ulna

manjericão

salsinha

superball

cenoura

dentes

bacia

fita

magnética

bay leaf

rocks

fennel

knitting needle

cinnamon

crochet

vertebrae

carqueja

sacrum

metatarsus

obsidian

dandelion

slide

ulna

basil

parsley

superball

carrot

teeth

pelvis

magnetic

tape

Nasci em São Paulo, Brasil, 1994.

O piano é meu instrumento desde os oito anos de idade, além de ponto de partida para a improvisação livre, música experimental, arte sonora, música contemporânea, performance e experimentos com o corpo, eutonia, dança, voz.

Fiz bacharelado em piano na Universidade de São P aulo (2013-17).

Faço parte do NuSom, Núcleo de Pesquisas em Sonologia da Universidade de São Paulo (2017- ), da rede Sonora - músicas e feminismos sonora (2016 - ), da Orquestra Errante, grupo de improvisação livre (2013 - ) e do Duo Submerso com Daniel Grajew.

Participarei do programa de residências de Q-O2 em agosto/setembro de 2019, em Bruxelas, Bélgica. Em 2018 participei por dois meses do programa de residências do Centro Negra - AADK Spain, em Blanca, Murcia, Espanha; da residência de formação do XII Festival Tsonami Arte Sonoro em Valparaíso, Chile; do Escape Art Lab, residência-laboratório de dança contemporânea, música contemporânea e improvisação em Tescani, Romênia.

Fiz parte da Camerata Profana (2013-16), coletivo dedicado à música contemporânea; do Coro Profana (2014-18), laboratório vocal experimental; do Núcleo Performativo AANGA (2015-16), coordenado por Miriam Dascal; do laboratório de pesquisa em teatro e performance, Cia do Alfinete (2014-15) e do coletivo de teatro Lacuna Coletiva (2016-17). Trabalhei como musicista para a companhia de teatro Club Noir (2015-16). Colaborei com o Insólita Assemble e Cristina Ribas em Curitiba em 2018.

Pesquisei as relações entre a eutonia e a improvisação livre em iniciação científica com bolsa da FAPESP, orientada por Rogério Costa (2016-17).

Estudei piano com Carla Corsino, Daniel Matos, Eduardo Monteiro, Érika Ribeiro e Luciana Sayure. Faço eutonia desde 2014 e fui aluna de Miriam Dascal e Daniel Matos. Dou aulas de piano.

Apresentei-me na XXI Bienal de Música Contemporânea Brasileira, na Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro; no II Festival de Música Contemporânea Brasileira; no Centro Cultural São Paulo; no Itaú Cultural; em SESCs de São Paulo e Rio de Janeiro; no Ibrasotope; no Circuito de Improvisação Livre de São Paulo; no Planetário do Ibirapuera; na Casa Hoffman em Curitiba; nos seminários do FLADEM no Brasil, Argentina e México; na Casa de Cultura San Rafael, na Cidade do México; no Klangkeller Festival em Berlim; no festival Creative Source no O’culto da Ajuda, em Lisboa; no Dias de Música Eletroacústica, Lisboa; no Muzeul National George Enescu em Bucareste; no Festival Tsonami em Valparaiso; no Centro de Arte Sonoro da Casa del Bicentenario em Buenos Aires. Participei da exposição Sons de Silício, no Espaço das Artes da Universidade de São Paulo.

I was born in São Paulo, Brazil, 1994.

The piano is my instrument since I was eight years old. It’s also my entry point to free improvisation, experimental music, sound art, contemporary music, performance and experiments with body, eutony, dance, voice.

I did the piano bachelor’s degree at the University of São Paulo (2013-17).

I’m part of NuSom, Research Centre on Sonology of the University of São Paulo (2017 - ), of the feminist group Sonora - músicas e feminismos sonora (2016 -) , of Orquestra Errante, free improvisation ensemble and of Duo Submerso with Daniel Grajew.

I’ll participate of the residence program of Q-O2 in August/September of 2019, in Brussels, Belgium. In 2018 I was in residence at Centro Negra - AADK Spain, for two months, in Blanca, Murcia, Spain; at the formation residences of the XII Tsonami Sound Art Festival, in Valparaiso, Chile; at Escape Art Lab, residence-lab of contemporary dance, contemporary music and improvisation in Tescani, Romania.

I was part of Camerata Profana (2013-16), contemporary music ensemble; of Coro Profana (2014-18), experimental vocal lab; of AANGA performative group (2015-16), coordinated by Miriam Dascal; of Cia do Alfinete (2014-15), theatre and performance research lab and of the theatre collective Lacuna Coletiva (2016-17). I worked as musician for the theatre company Club Noir (2015-16). I collaborated with Insólita Assemble and Cristina Ribas in Curitiba in 2018.

I researched relations between eutony and free improvisation in a scientific initiation research, with a FAPESP scholarship and guided by Rogério Costa (2016-17).

I’ve studied piano with Carla Corsino, Daniel Matos, Eduardo Monteiro, Érika Ribeiro and Luciana Sayure. I’ve been practicing eutony since 2014 and I was student of Miriam Dascal and Daniel Matos. I give piano classes.

I’ve presented at XXI Brazilian Contemporary Music Biennial in Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro; at the II Brazilian Contemporary Music Festival; at Centro Cultural São Paulo; at Itaú Cultural, São Paulo; at the SESCs of São Paulo and Rio de Janeiro; at Ibrasotope; at Circuito de Improvisação Livre in São Paulo; at Ibirapuera’s Park Planetarium; at Casa Hoffman in Curitiba; in the FLADEM seminars in Brazil, Argentina and Mexico; at Casa de Cultura San Rafael, Mexico City; at Klangkellet Festival in Berlin; at Creative Source Festival in O’culto da Ajuda, in Lisboa; at Dias de Música Eletroacústica in Lisboa; at Muzeul National George Enescu in Bucharest; at the XII Tsonami Sound Art Festival in Valparaiso; at Centro de Arte Sonoro of Casa del Bicentenario in Buenos Aires. I have participated of Sons de Silício exhibition, at Espaço das Artes of the University of São Paulo.

solo

nylon bites

performance interativa e vídeo-instalação

(2018 - )

Duos com pessoas e coisas, mordendo nylon. Nylon, breu, cabeças, microfones binaurais, mesa de som e outros materiais. Pontos de escuta e vista compartilhados.

Desenvolvida durante a residência no Centro Negra - AADK Spain, em Blanca, Espanha e ampliada em São Paulo para a exposição Sons de Silício, organizada pelo NuSom, no Espaço das Artes da USP.

nylon bites

interactive performance and video installation

(2018 - )

Duos with people and things, biting nylon. With nylon, rosin, heads, binaural microphones, sound mixer and other materials. Shared points of listening and view.

Developed during artist residency at Centro Negra - AADK Spain, in Blanca, Spain and expanded in São Paulo for the exhibitionSons de Silício, organized by NuSom, Espaço das Artes of University of São Paulo.

estudo em nylon - linhas de fuga

performance-instalação

(2017 - )

Piano expandido com fios de nylon

Som e corpo, tocar o espaço

Música #12 (2017)

Departamento de Música da ECA-USP, São Paulo.

CASo Abierto #1 (2018)

Centro de Arte Sonoro - Casa del Bicentenario, Buenos Aires, Argentina.

estudo em nylon - linhas de fuga

performance-installation

(2017 - )

Expanded piano with nylon threads

Sound and body, playing the space

Música #12 (2017)

Music Department, University of São Paulo.

CASo Abierto #1 (2018)

Centro de Arte Sonoro - Casa del Bicentenario, Buenos Aires, Argentina.

nylon variation - ceiling harp

performance-instalação

(2018)

Criada em residência artística no Centro Negra – AADK Spain. Blanca, Espanha, 2018.

nylon variation - ceiling harp

performance-installation

(2018)

Created at artist residency in Centro Negra – AADK Spain. Blanca, Spain, 2018.

Performance-tcc

performance, repertório, improvisação

(2017)

Parte do trabalho de conclusão de curso para o bacharelado em piano na Universidade de São Paulo.

Mariana Carvalho e convidadxs(2018)

Casa Japuanga, São Paulo

Performance-tcc

performance, repertoire, improvisation

(2017)

Part of the final work for the piano bachelor’s degree at the University of São Paulo.

Mariana Carvalho e convidadxs(2018)

Casa Japuanga, São Paulo

colaborações

collaborations

estudo em nylon - linhas de fuga

+ Karina Almeida

performance-instalação

(2019)

No ¿Música? #15 - Encontros, Sonoridades, Universos,

Parte do Sonologia 2019, Congresso Internacional em Estudos do Som do NuSom.

Planetário do Ibirapuera, São Paulo.

estudo em nylon - linhas de fuga

+ Karina Almeida

performance-instalation

(2019)

At ¿Música? #15 - Encounters, Sonorities, Universes,

Part of Sonologia 2019, International Conference on Sound Studies, by NuSom.

Ibirapuera’s Planetarium, São Paulo.

Tors

+ Ioana Nitulescu, Irina Bardozci e Luisa Maria Alvarez (harpa)

Performance para harpa, 1 harpista e 3 dançarinas

(2018)

No Escape Art Lab

George Enescu Museum, Bucarest

Tors

+ Ioana Nitulescu, Irina Bardozci and Luisa Maria Alvarez (harp)

Performance for harp, 1 harpist and 3 dancers

(2018)

At Escape Art Lab

George Enescu Museum, Bucarest

Jueves Sesiones #5

+ Javier Bustos, Leonello Zambón, Sebastián Rey

Concerto solo e ativação de instalação por streaming

(2018)

IF - Investigaciones del Futuro + NuSom

Buenos Aires - São Paulo

Jueves Sesiones #5

+ Javier Bustos, Leonello Zambón, Sebastián Rey

Solo concert and installation’s activation by streaming

(2018)

IF - Investigaciones del Futuro + NuSom

Buenos Aires - São Paulo

Origami + Insólita Assemble

Cristina Ribas + Insólita Assemble

Performance de dança e música

(2018)

Casa Hoffman, Curitiba

Origami + Insólita Assemble

Cristina Ribas + Insólita Assemble

Dance performance with music

(2018)

Casa Hoffman, Curitiba

Coro Profana

Laboratório experimental vocal

(2014 - 2018)

Espetáculo Vozes Profanas (2017)

Estúdio Mawaca, São Paulo

O canto da sereia (2016)

Departamento de Artes Cênicas da USP

Coro Profana

Experimental vocal lab

(2014 - 2018)

Vozes Profanas show (2017)

at Estúdio Mawaca, São Paulo

O canto da sereia (2016)

At Scenic Arts Department of the University of São paulo

Camerata Profana

Grupo de música contemporânea

(2013 - 2017)

Signo Austral, Vitor Ramirez (2015)

XXIII Bienal Brasileira de Música Contemporânea

Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro

Trio com Triângulos, Paulo Sampaio (2016)

Camerata Profana em Música sobre Música

SESC Vila Mariana, São Paulo

Camerata Profana

Contemporary music collective

(2013 - 2017)

Signo Austral, Vitor Ramirez (2015)

XXIII Bienal Brasileira de Música Contemporânea

Sala Cecilia Meireles, Rio de Janeiro

Trio com Triângulos, Paulo Sampaio (2016)

Camerata Profana em Música sobre Música

SESC Vila Mariana, São Paulo

Concierto Interactivo

Vozes Sinérgicas + Mariana Carvalho e Sebastián Rey

(2017)

XXII Seminário do FLADEM, Buenos Aires

Concierto Interactivo

Vozes Sinérgicas + Mariana Carvalho and Sebastián Rey

(2017)

at the XXII Seminar of FLADEM, Buenos Aires

Duo Mariana Carvalho e Sarah Alencar

(2017)

Composição, improvisação e repertório de mulheres

Duo Mariana Carvalho e Sarah Alencar

(2017)

Composition, improvisation, women’s repertoire

AANGA

grupo de performance

dirigido por Miriam Dascal

(2015 - 2016)

O Mal que não é Banal (2015)

Performance de dança-teatro sobre gênero e violência

Centro Cultural São Paulo

AANGA

performative group

directed by Miriam Dascal

(2015 - 2016)

O Mal que não é Banal (2015)

Performance de dança-teatro sobre gênero e violência

Centro Cultural São Paulo

improvisação

improvisation

Pabellón Argentino

Alma Laprida, Cristian Martinez, Florencia Curci, Javier Bustos, Mariana Carvalho e Sebastián Rey

piezos, samplers, nylon, televisão, objetos e voz

XII Festival Tsonami de Arte Sonoro, Valparaíso, Chile

(2018)

Pabellón Argentino

Alma Laprida, Cristian Martinez, Florencia Curci, Javier Bustos, Mariana Carvalho and Sebastián Rey

contact microphones, samplers, nylon, television, objects and voice

XII Festival Tsonami de Arte Sonoro, Valparaíso, Chile

(2018)

Carlos Santos, Ernesto Rodrigues, Hernâni Faustino, João Valinho, Maria do Mar de Brito Lopes, Mariana Carvalho, Marie Takahashi e Yu Lin Humm

Bar Irreal, Lisboa

(2018)

Carlos Santos, Ernesto Rodrigues, Hernâni Faustino, João Valinho, Maria do Mar de Brito Lopes, Mariana Carvalho, Marie Takahashi and Yu Lin Humm

Bar Irreal, Lisbon

(2018)

Dias de Música Eletroacústica

Carlos Santos, Ernesto Rodrigues, Helena Espvall, Hernâni Faustino, João Valinho, Mariana Carvalho, Marie Takahashi, Pedro Ribeiro e Yu Lin Humm

Lisboa Incomum, Lisboa

(2018)

Dias de Música Eletroacústica

Carlos Santos, Ernesto Rodrigues, Helena Espvall, Hernâni Faustino, João Valinho, Mariana Carvalho, Marie Takahashi, Pedro Ribeiro and Yu Lin Humm

Lisboa Incomum, Lisbon

(2018)

Isotope Ensemble

CS Fest XII

O’culto da Ajuda, Lisboa

(2018)

Isotope Ensemble

CS Fest XII

O’culto da Ajuda, Lisbon

(2018)

Alba Maya e Mariana Carvalho

duo + Gonzalo Escarpa, Hector Navarro e Aurora Rodriguez

nylon e violino + outros

Espacio B, Madri

(2018)

Alba Maya e Mariana Carvalho

duo + Gonzalo Escarpa, Hector Navarro and Aurora Rodriguez

Nylon and violin + others

Espacio B, Madri

(2018)

Beatriz Gijón/Mariana Carvalho

piano preparado, voz

Anfiteatro de Blanca, Blanca, Espanha

apoiado por AADK Spain

(2018)

Beatriz Gijón/Mariana Carvalho

prepared piano, voice

Blanca’s Theatre, Blanca, Spain

supported by AADK Spain

(2018)

Álvaro Rodriguez, Martí Guillem y Mariana Carvalho

Álvaro Rodriguez - viola

Martí Guillem - D-Light

Mariana Carvalho - piano

Centro Negra, Blanca, Espanha

apoiado por AADK Spain

(2018)

Álvaro Rodriguez, Martí Guillem and Mariana Carvalho

Álvaro Rodriguez - viola

Martí Guillem - D-Light

Mariana Carvalho - piano

Centro Negra, Blanca, Spain

supported by AADK Spain

(2018)

Leila Monsegur e Mariana Carvalho

Leila Monsegur - clarinete, projeção

Mariana Carvalho - piano preparado

Festival Klangkeller

Lichtblick Kino, Berlim

(2018)

Leila Monsegur and Mariana Carvalho

Leila Monsegur - clarinet, projection

Mariana Carvalho - prepared piano

At Festival Klangkeller

Lichtblick Kino, Berlin

(2018)

Catriel Nievas, Mariana Carvalho y Pablo Verón

Catriel Nievas - guitarra

Mariana Carvalho - piano preparado

Pablo Verón - samplers e percussão

Estúdio Libres, Buenos Aires

(2018)

Catriel Nievas, Mariana Carvalho and Pablo Verón

Catriel Nievas - guitar

Mariana Carvalho - prepared piano

Pablo Verón - samplers and percussion

Estúdio Libres, Buenos Aires

(2018)

Dissonantes #15

Solo + Duo com Julia Teles

Mariana Carvalho - piano preparado

Julia Teles - teremim

Ibrasotope, São Paulo

(2018)

Dissonantes #15

Solo + Duo with Julia Teles

Mariana Carvalho - preoared piano

Julia Teles - theremin

Ibrasotope, São Paulo

(2018)

Duo Coz convida Mariana Carvalho

Fabio Manzione - bateria

Migue Diaz - contrabaixo

Mariana Carvalho - nylon e harpa de piano

Marcenaria do Ze Mazzei, São Paulo

(2018)

Duo Coz convida Mariana Carvalho

Fabio Manzione - drums

Migue Diaz - double bass

Mariana Carvalho - nylon and piano harp

Marcenaria do Ze Mazzei, São Paulo

(2018)

Reinvenções Project - NME + Nathália Francischini, Inés Terra e Mariana Carvalho

Flora Holderbaum - voz e violino

Gustavo Branco - guitarra

Inés Terra - voz

Julia Teles - teremim

Mariana Carvalho - ventilarpa

Exposição de Jan Brokoff, Espaço 28 Patas Furiosas, São Paulo

https://soundcloud.com/nahnati/nme-natalia-francischini-ines-terra-e-mariana-carvalho-260817

(2017)

Reinvenções Project - NME + Nathália Francischini, Inés Terra e Mariana Carvalho

Flora Holderbaum - voice and violin

Gustavo Branco - guitar

Inés Terra - voice

Julia Teles - theremin

Mariana Carvalho - ventilarpa

Jan Brokoff’s exhibition, Espaço 28 Patas Furiosas, São Paulo

https://soundcloud.com/nahnati/nme-natalia-francischini-ines-terra-e-mariana-carvalho-260817

(2017)

Adán Velazquez, Caio Righi, Mariana Carvalho y Miguel Francisco

Adán Velazquez - trombone baixo

Caio Righi - sax alto

Mariana Carvalho - ventilarpa

Miguel Francisco - percussão

V&S Gallery, Cidade do México

(2017)

Adán Velazquez, Caio Righi, Mariana Carvalho and Miguel Francisco

Adán Velazquez - trombone

Caio Righi - sax

Mariana Carvalho - ventilarpa

Miguel Francisco - percussion

At V&S Gallery, Cidade do México

(2017)

Coro Profana + Invitadxs

Coro Profana: Caio Righi, Carolina Castro, Mariana Carvalho, Max Schenkman e Ritamaria

Fabián Rangel - violino

Emmanuel Uribe - sax tenor

Gilberto Celis - contrabaixo

Miguel Francisco - percussão

Casa de Cultura San Rafael, Cidade do México

(2017)

Coro Profana + Guests

Coro Profana: Caio Righi, Carolina Castro, Mariana Carvalho, Max Schenkman and Ritamaria

Fabián Rangel - violin

Emmanuel Uribe - sax

Gilberto Celis - double bass

Miguel Francisco - percussion

At Casa de Cultura San Rafael, Mexico City

(2017)

Ariane Stolfi e Mariana Carvalho

Ariane Stolfi - voz, percussão

Mariana Carvalho - ventilarpa

Circuito de Improvisação Livre na Viela, São Paulo

(2017)

Ariane Stolfi and Mariana Carvalho

Ariane Stolfi - voice, percussion

Mariana Carvalho - ventilarpa

Free Improvisation Circuit at Viela, São Paulo

(2017)

Duo Mutual + Mariana Carvalho

Marcio Gibson - bateria

Mario Del Nunzio - guitarra

Mariana Carvalho - ventilarpa

Aniversário do Ibrasotope, São Paulo

(2016)

Duo Mutual + Mariana Carvalho

Marcio Gibson - drums

Mario Del Nunzio - guitar

Mariana Carvalho - ventilarpa

At Ibrasotope's birthday, São Paulo

(2016)

Orquestra Errante

Grupo de improvisação livre

coordenação Rogério Costa

(2013 - )

Suíte [en]quadrada - Orquestra Errante, KairosPania e Luzilei Aliel (2016)

Sonologia 2016, Congresso Internacional em Estudos do Som, pelo NuSom

Centro Cultural São Paulo

Orquestra Errante

Free improvisation ensemble

Coordinated by Rogério Costa

(2013 - )

Suíte [en]quadrada - Orquestra Errante, KairosPania and Luzilei Aliel (2016)

At Sonologia 2016, International Conference On Sound Studies by NuSom

Centro Cultural São Paulo

gravações

recordings

[em breve]

[upcoming]

Mariana Carvalho (piano preparado, voz, nylon), Santiago Beis (piano preparado, nylon, voz e saxofone)

Improvisação

Curitiba, abril de 2018

Mariana Carvalho (prepared piano, voice, nylon), Santiago Beis (prepared piano, voice, nylon, and sax)

Improvisation

Curitiba, April 2018

Helena Spivall (violoncelo), Maria do Mar de Brito Lopes (violino e rabeca), Mariana Carvalho (piano preparado) e Yu Lin Humm (violoncelo)

Improvisação

Lisboa, Novembro de 2018

Helena Spivall (violon), Maria do Mar de Brito Lopes (violin and rabeca), Mariana Carvalho (prepared piano) and Yu Lin Humm (cello)

Improvisation

Lisbon, November 2018

Ernesto Rodrigues (viola), Guilherme Rodrigues (violoncelo), João Valinho (bateria) e Mariana Carvalho (piano preparado)

Improvisação

Creative Records

Lisboa, Novembro de 2018

Ernesto Rodrigues (viola), Guilherme Rodrigues (cello), João Valinho (drums) e Mariana Carvalho (prepared piano)

Improvisação

Creative Records

Lisbon, November 2018

Abdul Moimeme (guitar e instrumentos construídos), Mariana Carvalho (piano preparado) e Wilfrido Terrazas (flauta)

Improvisação

Lisboa, Novembro de 2018

Abdul Moimeme (electric guitar and built instruments), Mariana Carvalho (prepared piano) and Wilfrido Terrazas (flute)

Improvisation

Lisbon, November 2018

galeria

galery

Trabalho de conclusão de curso

Trabalho de conclusão de curso, bacharelado em piano, Universidade de São Paulo, 2017.

Resumo

Este trabalho é um diário tecido durante aproximadamente dois meses, levando em consideração a ideia de expansão da minha relação com o piano. Foi feito como um processo particular de estudo. Ele foi construído a partir de palavras-chave, na tentativa de estabelecer uma rede de assuntos que considero importantes durante a graduação em piano, especialmente em torno de três conceitos: presença, experimentação e interação. Dentre os múltiplos tópicos abordados destaco a eutonia, a improvisação livre e o feminismo.

CARVALHO, Mariana P. L. T de. Explorações de uma relação particular e de expansão com o piano: presença, interação e experimentação. Monografia-diário, Trabalho de Conclusão de Curso, Departamento de Música da ECA-USP. Orientação: Rogério Costa. São Paulo, 2017. p. 77.

Palavras-chave: piano, presença, experimentação, interação, eutonia, improvisação livre, feminismo.

Final monography for the piano bacherlor’s degree

Final monography for the piano bacherlor’s degree, University of São Paulo, 2017 [portuguese only].

Abstract

This work is a diary wove for about two months, with the idea of expanding my relation with the piano. It was made as a particular study process. It was based on keywords, as an attempt of establishing a net of subjects that I consider important to the bachelor’s degree in piano during the piano graduation, specially around three concepts: presence, experimentation and interaction. Among the multiple topics explored I highlight eutony, free improvisation and feminism.

CARVALHO, Mariana P. L. T de. Explorações de uma relação particular e de expansão com o piano: presença, interação e experimentação. Monografia-diário, Trabalho de Conclusão de Curso, Departamento de Música da ECA-USP. Orientação: Rogério Costa. São Paulo, 2017. p. 77.

Key words: piano, presence, experimentation, interaction, eutony, free improvisation, feminism.

Iniciação científica

Iniciação científica(bolsa FAPESP), Universidade de São Paulo, 2016-17

Pretendo investigar as possíveis contribuições da eutonia na livre improvisação. O trabalho somático da eutonia - de conhecimento, percepção e sensibilização do corpo em sua totalidade - pode permitir a construção de um estado de presença que é fundamental na improvisação livre, prática que busca continuamente criar outros contextos e territórios em momento presente. Estar presente é corporificar o som. A maneira pela qual essa correspondência entre a eutonia (corpo) e a improvisação livre (som) se dá é experimental, pois ambas têm como pressuposto um caráter processual, de pesquisa constante, que busca fugir de regras pré-estabelecidas e da formatação de suas práticas. O trabalho é composto de uma parte teórica e outra de experimentação prática, individual e coletiva em dois grupos dos quais participo, sediados no Departamento de Música da Universidade de São Paulo: Orquestra Errante e Coro Profana.

Scientific Iniciation

Scientific Iniciation (research with FAPESP scholarship), University of São Paulo, 2016-17 [portuguese only]

I intend to investigate the possible contributions of eutony in free improvisation. The somatic work of eutony – of knowledge, perception and awareness of the body in its totality – may allow the construction of state of presence which is fundamental in free improvisation, practice that continuously seeks to create other contexts and territories in present time. To be present is make the sound corporeal. This correspondence between eutony (body) and free improvisation (sound) takes place in an experimental manner, for both share an assumption of a processual character, of constant search, seeking to escape of pre-established rules and the shaping of its practices into form. This work is composed of one theoretical part and other of practical experimentation, individually and collectively in two ensembles that I take part in, located in the Music Department of University of São Paulo: Orquestra Errante and Coro Profano.